quarta-feira, 6 de abril de 2011

Falta espaço.

Uma tese que estou formulando na minha cabeça para entender certas coisas... Entendo porque a cultura estrangeira os filhos com mais de 18 saem de casa,não é porque não amam seus pais nem por conta de conflitos familiares,eles saem porque está na hora,sem trauma de ambos os lados.E deveria ser assim,os latinos tem culturalmente o custume de ajudar, e dar opiniões, sobre carreira relacionamentos tudo,por querer o bem.Mas nessa mesma visão de se querer o bem dos filhos é que os estrangeiros "liberam" os filhos.Assim vão ter suas próprias vivências do mundo,as dificuldades lapidaram seres humanos mais resolvidos,que sabem lidar com os conflitos da vida.A partir dessa idade começa a se pensar diferente dos pais,formular maneira de viver distinta da deles, ai que surgem conflitos,pois em uma mesma casa tem que predominar um estilo de vida,e quando se está na casa dos pais o seu tem que ser posto humildemente debaixo do tabete.Mas cansa e é desgastante tudo isso quando se tem um querer de liberdade de pensamento e modo de viver.Mas infelizmente o fator economico pesa muito.no exterior com essa idade ja se pode pagar seu próprio aluguel e se manter,sem muitos luxos mas pode.Se aqui tomar essa decisão vai ser muito mais dificil,pois salario -aluguel-faculdade-enfim tem que se rebolar! Penso que não desrespeito meus pais mais sim, como observante do mundo, e de costumes,estou formulando meus próprios costumes e maneira de viver,e não cabe debaixo do mesmo teto usos e costumes que se divergem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário