quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Quanta mudança...

...escrevo aqui pra me ler no futuro,muito engraçado esse processo.Tem coisas que parecem se repetir como num circulo vicioso,mas outras giram 180 graus, é bom ler minhas versões antiguinhas rs
Gastando as energias nos últimos acontecimentos.Leva-se um susto quando a maternidade bate na porta,uns segundos de choque mas uma serenidade e praticidade vindas não sei de onde, caíram nas minhas mãos e foi assim que aconteceu.Sem planejamento,sem neurose,sem apavoramento.Eu detesto ficar remoendo os ''se tivesse sido diferente'' isso tudo é tortura psicológica,se penso...claro que sim mas não acho nada valido tentar pegar vento.Plano de saúde ok,pai ok,mãe no caso útero sadio ok,primeiro ultrason coraçãozinho mil por hora caiu a ficha eu tenho um coração na minha barriga que doido rs,cada passo,lendo muito mais tentando não ficar neurótica,sim tomava café uma vez por dia e o pacote de descafeinado ta aqui alguém usa...
Adotei a filosofia dos alcoolicos anônimos um dia de cada vez e nisso já se passaram 7 meses quase 8 e estamos por aqui vivos...oh coisinha mais fofa da mamãe, amor que cresce junto com os novos desafios a cada dia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário